O uso do capacete é obrigatório por lei para quem anda de motocicleta (piloto e garupa) e, por isso, é o primeiro item a ser comprado após moto.

Mas não basta colocá-lo na cabeça: é preciso saber escolher o modelo adequado e fazer uso correto do equipamento. Por isso, no TEXT RIDE desta semana traz o relato do Arthur sobre o capacete Volt.

“A marca X11 já vem nos chamando atenção há algum tempo.

Eu(Arthur) dei uma pesquisada e vi que muita gente elogiou esse capacete que é um modelo simples, só tem entradas de ar e viseira anti risco, mas que não deixa a desejar. Não se escuta ruído ou assovio durante a viagem, não entra água, não pesa muito, o design é bem legal e tem duas opções de cores.

Resolvemos comprar diferente pra não nos confundirmos.

A X11 é uma marca brasileira só que não se engane, ela não deixa a desejar. Testamos e aprovamos os capacetes! ”

Texto originalmente escrito pelo motociclista e postado em seu Instagram, sem alterações para publicação.